Acompanhe aqui os temas

Blog

16 Dezembro 2020

Como se aprende numa Forest School?

O método pedagógico Forest School não tem nada de novo. Surgiu nos anos 1950 na Escandinávia, com um "Jardim Infantil em Movimento" em que se fazia caminhadas diárias na floresta. Entretanto, tornou-se comum na região e no Reino Unido, onde já é habitual encontrar instalações de educação pré-escolar e ensino na floresta.

O método baseia-se em sessões regulares que decorrem na natureza e se focam na individualidade de cada criança, com base na observação e colaboração, para promover a exploração e descoberta.

É um desenvolvimento integral, com resultados comprovados: crianças resilientes, confiantes, independentes e ativas!
Um forte desenvolvimento físico, social, cognitivo e linguístico, emocional e social ajuda a criar oportunidades de lidar com o risco, um fator essencial para o desenvolvimento da motivação inata e de atitudes positivas.

São dadas atividades, tal como numa escola tradicional. A diferença é que, em vez de estas serem lideradas por um adulto, cada criança escolhe e adapta o que faz, enquanto o adulto observa as suas preferências e desenvolvimento.

Apesar de algumas escolas oferecerem atividades no exterior, não basta estar Lá Fora para se estar numa Forest School! Trata-se de um processo regular, a longo prazo e não de uma experiência pontual.

Uma criança que frequente uma Forest School desenvolve muitas competências difíceis de ensinar numa sala de aula, pois é um trabalho bastante físico, que encoraja as crianças a serem ativas e a desenvolverem a motricidade fina e grossa.

As crianças aprendem a avaliar, apreciar e arriscar, tomando decisões sensatas e informadas. Aprendem a ser autossuficientes e a cuidar de si, o que reforça a sua confiança e autoestima. Através da tentativa e erro, aprendem a desenvolver a resiliência para continuarem a tentar - isto é crucial, tanto nas salas de aula como no exterior.

Aprende-se o mesmo?

Pode parecer complicado, mas na verdade, é bastante simples! Por exemplo, estar no exterior durante o ano ajuda as crianças a aprender sobre o clima e as estações do ano (geografia), enquanto estudam as criaturas e as plantas que encontram (ciências) e a construção de abrigos e o trabalho com madeira traz necessariamente conceitos de design e tecnologia.

E o mais básico de tudo, estar Lá Fora, que melhora a saúde mental e espiritual, as competências de comunicação e os relacionamentos sociais. As crianças passam a fazer parte do mundo que os envolve e isso traz-lhes tranquilidade.

Partilhar
Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.